Cidades da região de Sorocaba regridem para fase vermelha do “Plano São Paulo”

Publicado em 26/06/2020

As 48 cidades pertencentes ao Departamento Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba – incluindo Votorantim – regrediram para a fase 1 (vermelha) do Plano São Paulo. Nessa etapa, de alerta máximo, a liberação do comércio é apenas para serviços essenciais. A informação foi divulgada no início da tarde desta sexta-feira (26) pelo governador João Doria (PSDB).
Além da região de Sorocaba, voltam para a fase vermelha as cidades das regiões de Araçatuba, Rio Preto, Bauru e Franca. Em todo o estado, a sexta etapa da quarentena foi prorrogada até o dia 14 de julho. No próximo dia 1º de julho, São Paulo completa 100 dias no isolamento social para evitar o contágio do novo coronavírus (Covid-19). 
De acordo com o governador, a maior parte do estado retorna ou permanece na fase vermelha, a mais restritiva. A cidade de São Paulo e 14 municípios da Grande São Paulo passam para a fase amarela e poderão abrir restaurantes, bares e salões de beleza. Marília, Ribeirão Preto, Presidente Prudente e Registro não avançaram e seguem, também, com autorização para o funcionamento apenas dos serviços essenciais.

 

Plano São Paulo 

Para começar a reabertura do estado, desde o dia 1º de junho, o governo dividiu o território de acordo com as 17 Divisões Regionais de Saúde (DRS). A Grande São Paulo foi subdividida em outras 6 regiões, uma para a capital e outras 5 para cada grupo de cidades da região metropolitana. A flexibilização da quarentena é feita de modo diferente em cada uma dessas regiões.
Os cinco critérios que baseiam a classificação das regiões são:
•    ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs);
•    total de leitos por 100 mil habitantes;
•    variação de novas internações, em comparação com a semana anterior;
•    variação de novos casos confirmados, em comparação com a semana anterior;
•    variação de novos óbitos confirmados, em comparação com a semana anterior.
O critério que tem maior peso na classificação de cada região é a variação de novas internações (peso 4), seguido pela taxa de ocupação de UTIs (peso 3). 
Esses critérios definem em qual das cinco fases de permissão de reabertura a região se encontra:
•    Fase 1 - Vermelha: Alerta máximo
•    Fase 2 - Laranja: Controle
•    Fase 3 - Amarela: Flexibilização
•    Fase 4 - Verde: Abertura parcial
•    Fase 5 - Azul: Normal controlado

Informações:

Horário de atendimento:
De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h


Sede Apevo:
Rua Antônio Fernandes, 50 – Centro – Votorantim – SP

Telefones: (15) 3243-2410 | (15) 3353-8080


Unidade de Saúde Apevo:
Rua Sebastião Lopes, 97 – Centro – Votorantim – SP

Telefone: (15) 3353-9800