logo apevo
Dezembro Verde: número de animais abandonados aumenta nesta época do ano

Dezembro Verde: número de animais abandonados aumenta nesta época do ano

Publicado em 16/12/2020

Compartilhar:

facebook
whatsapp

Por causa das férias e festas de final de ano, o abandono de animais tem um aumento significativo no país nesta época. Pensando em conscientizar a população sobre a atitude e os maus-tratos aos animais, foi criada a campanha “Dezembro Verde”. A Apevo apoia a campanha e se solidariza com a causa animal.
Embora não haja estatísticas oficiais, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que mais de 30 milhões de cães e gatos estejam em situação de abandono no Brasil. Abandonar ou maltratar animais é crime previsto por lei, com pena de até cinco anos de prisão. 
A campanha “Dezembro Verde” foi criada pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo (CRMV-SP) e, de acordo com o conselho, a maioria dos animais não é resgatada, ficando exposta a fome, doenças e podendo ser atropelados ou sofrerem traumas que inferem no seu bem-estar mental e comportamento.
Em entrevista ao portal de notícias Agência Brasil, a médica veterinária Rosangela Gebara, do CRMV-SP, relata que outra questão grave são os prejuízos à saúde publica. “O abandono impacta diretamente na vida das pessoas, pois animais nas ruas causam acidentes de trânsito, prejudicam o turismo e afetam a saúde pública – devido às doenças que afetam tanto humanos quanto animais”, diz.

 

Aumento de abandono em dezembro

 

A escolha do mês de dezembro para a criação da campanha está relacionada ao fato de que, neste período, os casos de abandono aumentam expressivamente. Estudos internacionais mostram que as principais causas dessa atitude estão ligadas aos problemas no comportamento dos animais e alterações na rotina da casa, como viagens e mudanças de endereço.
A pandemia também ajudou neste aumento. “Infelizmente soubemos que houve um aumento do número de abandono no início da pandemia, as pessoas ficaram com medo de que os animais pudessem transmitir o coronavírus. Na verdade eles não transmitem, algumas espécies são tão vítimas quanto a gente, podem pegar o coronavírus da gente, mas não transmitem. Mas, por causa de algumas notícias sensacionalistas, as pessoas abandonaram os cães e gatos”, relata a veterinária Rosangela Gebara.

 

Blitz educativa em Sorocaba

 

A Prefeitura de Sorocaba promoveu, no dia 10 de dezembro, uma blitz educativa relacionada a campanha “Dezembro Verde”. Cerca de 200 motoristas participaram da ação.
Com o objetivo de sensibilizar as pessoas sobre a importância da guarda responsável de animais, a equipe conversou com os motoristas sobre o tema e um adesivo com a frase “Diga não ao abandono!” foi colado no vidro traseiro dos veículos.
Em Sorocaba, as denúncias de animais vítimas de maus-tratos podem ser feitas pelo site www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento, telefone 156 e WhatsApp (15) 99129-2426, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O Abrigo Municipal fica na rua Rosa Maria de Oliveira, 345, no Jardim Zulmira, informações pelo telefone (15) 3202-8006.
Já em Votorantim, as denúncias podem ser feitas no Centro de Controle de Zoonoses, pelo telefone (15) 3243-3807 ou pessoalmente, na av. Santo Antônio, ao lado do Cemitério Municipal – no local, também é possível conhecer o Canil Municipal, que funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 16h30.